21 de abril de 2010

Quando a voz já não o consegue dizer.

Sente o que te digo, não o irei repetir, nem pretendo responder a mais perguntas. Juro não complicar e pela primeira vez serei claro e preciso. Olha à tua volta. Olha o que ambos já fizemos para que esta história não encontrasse um fim. Repara agora na intensidade do que tivemos e nas palavras que me disseste ao longo de todo o tempo. Isto tudo pode ser passado, mas agora depende de nós para vivermos o mesmo no presente. 
Sem medo, ergue a mão direita e encosta a tua à minha, colocando cada dedo na direcção dos meus, de forma a sentires a minha pulsação. Consegues sentir?  Se sim, é bom que percebas que cada pulsação corresponde às palavras que o meu coração pretende dizer. E agora toda a continuidade da conversa que tinha em mente será feita apenas pela linguagem da pulsação e quando achares que disse tudo que tinha a dizer toma  a tua decisão, pois nessa altura seremos capaz de seguirmos os caminhos escolhidos.

Depois de entenderes que a conversa tinha terminado, beijas-me, abraças-me e percebes que nós não podemos viver em caminhos opostos. A expressão Até um dia ainda não faz parte das nossas vidas!

49 comentários:

-cat'fernandes disse...

Estou a ficar um bocado viciada nos teus textos :$

Adoro, os teus post's :)

Catarina disse...

Por vezes doi mais ouvir certas palavras do que sentir o silencio . Adorei este post Edgar , alias como adoro todos . Beijo *

SaraSerrano disse...

está lindo. ''até um dia'' ninguem vive com essa expressão, ou pelo menos tenta nao viver com ela ;)
Beijinhos!

Lu disse...

uou, esta lindo...as vezes o 'ate um dia' não funciona quando pensamos que chegou altura de o dizer, felizmente ...

Carla Sofia disse...

tão intenso Edgar.

anna disse...

está lindo o teu texto (:

maria disse...

a questão é que o meu amor é d eum unico sentido. nao ha um nos, so um eu e ele.

B' disse...

Fazes bem em vê-lo!!

Esta fantástico o texto ;b

luisinha disse...

que queridoo! e sabes, nem há nada de mais bonito que os principes.

tua pequena disse...

acho a tua maneira de escrita completamente maravilhosa* continua

diogo disse...

sigaaa. com quem mesmo ?

Isabel disse...

Beyoncé só coloquei uma vez apenas e à imenso tempo mesmo =$ E obrigada Edgar :)
Um beijinho

Suu disse...

Eu gostava de conseguir, sinceramente :x

escreves sempre coisas lindas, meu deus *-*

Sandra disse...

o filme é lindo, acho que o deves ver. É claro que te vais indentificar, até porque todos nós olhamos para aquelas personagens e apesar de sabermos que é tudo ficção, nós sentimos aquilo que eles fingem sentir, e isso mexe como todo o nosso sistema.
gostei, vou seguir *

anna disse...

talvez não sei bem o que hoje sou, ainda estou a descobrir (:
beijinhos *

inês disse...

lindo, lindo, lindo, lindo *-*

Niqui disse...

wooow , que texto , rapaz !

beijinho *

Mário disse...

pois é :X
bem eu vou seguir o teu blog ADOREI mesmo!

ML disse...

oh muito obrigada! (:
não, não. já não me entrego a ninguém tão cedo, quanto mais o meu coração! beijinho Edgar*

Sara M. disse...

Tão profundo muito bonito (:

jaime disse...

passo os dias aqui, a ler o que escreves e a moer-me por dentro. aquilo que escreves faz-me chorar. faz-me pensar. faz-me re-pensar. faz-me morrer, faz-me RE-viver. parabens pela tua escrita. obrigado por nos testemunhares o teu mundo, as tuas mágoas e por te abrires com todos nós. os meus parabens:)

Nés, disse...

muito obrigada $: também me apaixonei por este!

Mariana disse...

genial,tudo genial Edgar,tudo*:)
Beijinhos*

ST disse...

entao deverei pensar com o que? talvez o melhor seja nem pensar e ir com a maré... pode ser que um dia apanhe o mar calmo e não me vire novamente o barco!

Né # disse...

Bem mas que grande elogio que tu me deste :D muito obrigado :)
vou seguir também o teu :b
- quanto ao texto, esta completamente sublime. lindo, lindo. parabéns pela escrita fantástica. cá voltarei com certeza :) beijinhos

Sara Santos disse...

está tão bonito, a sério *.*

Catarina e Patrícia disse...

primeira vez que venho ao blog e começo a gostar..
adoro a música.

diana disse...

QUE LINDO (:

Sara disse...

O texto está liindo!
Tu escreves mesmo bem *-*

Colei no teu blog :$

vanessa marques . disse...

ADOREI *.*

Joana S. *-* disse...

Obrigada*

AMEI o teu texto *.*
Cada post rapaz +.+

jo disse...

é sempre bom viver amores como estes :)

escreves bem, muito bem.
sigo-te

Marta disse...

este post foi sem duvida forte. o meu coração começou a acelerar a medida que ia lendo.

Joana S. *-* disse...

Selinho para ti :)

Danii disse...

Mais um selo para ti :)
Lindo texto $:

isso disse...

selo para ti :)

zézão disse...

deixei selo, vê no meu blog - http://zeebloger.blogspot.com ;)

CatarinaSousa disse...

Eu adoro tudo o que escreves Edgar!

Devo-te dizer que li para ai umas 3 vezes isto, adoro completamente!

:)

sakura disse...

tens um desafio no meu blog x)

Devan disse...

A curiosidade puxou-me até aqui. Estou grato por tê-lo feito.

Por cá continuarei, mesmo que em silêncio...


Devan

Anónimo disse...

tens todo o apoio de um amigo que nunca te irá esquecer :) continua com a tua mente aberta, fizeste-me feliz um dia! beijo (um dia descobrirás). R

joana bernardo disse...

oh, obrigada :') adorei, Edgar! beijinho

joana bernardo disse...

sabes quem vou ver ao vivo? au revoir simone *-* ahah.
lembrei-me logo de ti :) beijinho

Thais Alves disse...

Simplesmente LIIINDO , o finalsinho ali é perfeito , seguindoo *--*'

su disse...

Lindo, juro que quase senti aquilo que escreveste...

annie disse...

ainda não sei quando vai ser a visita mas se calhar esta semana ainda vou ver a inês :D
adorei este texto, como já é normal ^^

Daniela disse...

Óhh Gostei tanto RAPAZ *.*
A maneira como associas as palavras às pulsações, magnífico :)
.Vou Seguir.
(beijinhos*)

as * disse...

Não poderia deixar de comentar, está lindo, e mereço uns sinceros parabéns pelo texto, pelo blog, e pela linda e talentosa maneira que escreves !

PatriciaCorreia disse...

Simplesmente lindo *.*