20 de março de 2010

Shiiu, agora quem comanda sou eu...

Abres a porta e nem tempo te dou para dizeres uma palavra. Aviso-te pelo toque que quando chegarmos  ao quarto só nos restará a roupa interior. Empurro-te para cima da cama e sorrio do teu ferrar de lábios delicado. Ainda vejo nos teus olhos o desejo de me voltares a ter nos teus braços, reconheço o calor do teu corpo a tentar puxar pelo meu, reconheço o teu odor de prazer e a tua  enorme vontade de me continuares a consumir. Chega, quem comanda aqui agora sou eu! "Despe-te e deita-te na cama." O meu batimento acelerou, a minha respiração fogosa bate contra o teu pescoço de forma  a ficar todo ressoado. Sinto as tuas pernas húmidas, do nosso calor, entrelaçadas nas minhas. Desculpa, mas agora já nem eu me controlo, eu sei que te faço arrepiar e ficas de olhos trocados, mas a intenção é mesmo essa.  
Shiiu, não me digas o que queres porque agora quem comanda sou eu...

"-Sinto-me como o lobo mau a olhar para a carochinha.
-Para o Capuchinho Vermelho queres tu dizer!"

43 comentários:

Niqui disse...

Obrigada :)
Bem ousado , este +.+

Lu disse...

esta 'diferente' :)

mas a 'brutalidade' daquele dia mau para um rapaz de 15 anos é muito forte :S

Suu disse...

ohh, fico mesmo feliz por saber disso *.*

que texto, adoro mesmo! <3

annie disse...

está fantástico este texto *.*

annie disse...

aquelas cartas de uma ou outra maneira ajudaram-me a crescer :)

Lu disse...

ah, dsclpa ! nao tinha percebido :$

luisinha disse...

oh adoras? porquê? :) um obrigada do coração

acatarinamaçuca disse...

Ousadia e desejo ao mais alto nível =L
Que coisa tão envolvente. Adorei lê-lo.

Carla Sofia disse...

ooh adorei a forma 'intensa' como descreves os promenores edgar!
*

Lili disse...

adorei como descreves cada coisa que sentes ;)

Catarina disse...

adorei como mostras sentimento em cada palavra , adorei mesmo Edgar !
*

isso disse...

wooow, está brutal mesmo. amei

Maria disse...

senti cada palavra

Anónimo disse...

Sentimos todos as palavras que me deixas,Ler o que escreves, é como entrar no teu pensamento,quase que sentimos o mesmo...
Deves ser uma pessoas feliz, e realizada no que toca ao amor...
As pessoas devem amar.te de forma descontrolado como se fosses a unica pessoa á face da terra...
Mas tanta perfeiçao pode acabar por ser demasiada e quem te rodeia deve ter deficuldades em se igualar, se relacionar. Tu és grande...
Gosto do que escreves...E se contigo se aplica, a velha dadiva de que somos o que escrevemos... Gosto de ti tbm ...

Edgar Alves disse...

Querido Leitor(a) anónimo, muito obrigado pelas palavras de apoio e conforto. :) Tal como todo humano tenho os meus momentos mais complicados no amor, mas felizmente sinto-me capaz de os ultrapassar e viver um novo amor ou até mesmo reviver o antigo de melhor forma. As suas palavras são-me familiares quando diz que tanta perfeição pode acabar por ser demasiada mas com toda a sinceridade não concordo, uma vez que pelo meio das grandes qualidades que dão aparência do ser perfeito há também imensos erros e descontrolos. Muito Obrigado mais uma vez, e espero que um dia assine o comentário de forma a saber quem se trata :b

marta filipa disse...

(já tenho algum sono, por isso não irei agradecer isto da forma mais correcta, mas mas...)

muito obrigada, a sério, fico muito contente que sintas o meu blog dessa forma, e que te tenha dado a oportunidade de conhecer novas coisas e do teu agrado :)

annie disse...

não podia concordar mais com isso, mesmo. ainda bem que gostas de ouvir o meu coração falar, é bom saber isso :)

Catarina disse...

não tens nada que agradecer , venho cá porque gosto de como escreves e da forma como te abres nas palavras . *

fui,sou,serei disse...

adoro este teu post, está tãão bonito, parabéns e obrigado ;$

Catarina A. Araújo disse...

de nada, obrigada eu (:

sim sao as pessoas q amamos q nos inspiram, sem duvida!

gosto muito do teu blog*

Carla Sofia disse...

criaste-me um sorriso ao ler o teu comentario Edgar. acredita.
e acredita tambem que é o primeiro comentario que recebo. não gooozes sfv :c poucas são as pessoas que sabem que tenho blog. tenho vergonha de publicar o que escrevo, dai pouca gente saber que tenho.

annie disse...

não é mesmo impressão tua. é mesmo verdade. acho que o criamos como uma espécie de "escape" e depois acabamos por nos apegar a este espaço, nosso, onde podemos escrever o que nos vai na alma.

Ritinha disse...

adoro adoro !
obrigada, sim os amigos são os melhores em todos os apectos ! fazem bem a tudo, corpo, mente, alma tudo mesmo !
e como sempre a inspiração provem deles ;) ora aí esta !
são os nossos bem feitores do dia a dia *-*

Carla Sofia disse...

ooh edgar. obrigada a serio.
quando penso que a nossa amizade está 'looonge', está mesmo aqui, viva (ainda), e sabes que eu sempre gostei de ti. para alem de teres mudado um pouco. mas gosto de ti :)
*

Soraya Guimarães disse...

Uma ousadia fascinante que trespassa o coração e fazendo com que este bata ao ritmo das gotas de águas envolta de dois corpos perdidos nesse mundo excêntrico. Louco.

Se és o Fernando Pessou ou não , não sei, mas ao ler o teu blogue, duvido cada vez menos que tal não seja verdade. Todos somos poetas (:

Muitos Parabéns *, Gostei imenso!

luisinha disse...

oh muito obrigada então edgar. :) beijinho aí

Catarina disse...

e ainda bem que gostas de saber o que os teus leitores pensam . *

acatarinamaçuca disse...

So so HOT. Just like you, honey ;)(A)

Suu disse...

se eu conseguisse :x
já tentei, já. tentativa falhada.

annie disse...

nem mais, isso é óptimo mesmo :)

Rita Sampaio disse...

É fascinante como podemos fazer, dizer ou apenas escrever coisas incríveis quando se trata de algo que nos consegue fazer sentir tanta coisa! Geralmente, tanta coisa e em tão pouco tempo.
Sempre te admirei bastante! (:

CatarinaSousa disse...

Edgar! Grande Edgar!

Já não vinha aqui a alguns dias, e digo-te, li atentamente os teus últimos posts, amooo!

Agora vou acompanhar mais de perto e atentamente! Isto está cada vez a melhorar mais ;)

Beijinho*

Afonso Costa disse...

Impulsos, paixão, irracionalidade... momentos de pura loucura. Love it :)

Meio Cheio disse...

Haja inspiração jovem...estamos ousados esta semana estou a ver =). Acho bem...algo diferente que correu muito bem segundo o que li! =)*

joana disse...

muito obrigado pelos comentários, em especial o último, de verdade. confesso que fiquei com um um pequeno sorriso, por saber que de certa forma "marco" as pessoas com as minhas palavras.
gosto deste texto, é detalhado e daí ser especial. e acho curioso o contraste do título do teu blog com o meu (titulo/descrição). vou seguir *

saraviana. disse...

muito muito obrigada Edgar :D
adorei este texto, está mesmo forte!
parabés para ti também, adoro o que escreves*

Anónimo disse...

Caro escritor, prefiro manter o anonimato, visto que torna as coisas de grande forma mais engraçadas...
Acredito que viva uma vida recheada de amor e amizade...
E acredite que sei do que fala quando diz que conhece as palavras que lhe digo... O facto é que tudo o que disse é realmente sincero... e acredite que quem o rodea de certo que o sente...
Um abraço ou um beijinho...
Aguardo por mais textos interessantes...
Ass: Anonimo

Marina Fonseca disse...

o teu blog tá fantástico :)

Edgar Alves disse...

Caro anónimo, realmente torna as coisas mais engraçadas e misteriosas saber que tenho um leitor anónimo que admira tanto os meus pequenos textos, espero não o vir a desiludir. E já agora, muito obrigado por todo o apoio e carinho que me recebe. :) Edgar Alves

diogo disse...

ah granda endgaaar. 40 comentarios ? ena ena

ST disse...

lembraste-me de uns bons momentos que tive enquanto rapariga apaixonada que era e que actualmente tiveram que ser um bocado mais esquecidos! apesar da loucura ser optima e ainda tenho alguma esperança que volte a ser "eu". visita o meu blog :) um beijo virtual

bárbarasousa disse...

Edgar, este é um dos melhores textos *.*

Anónimo disse...

Vira o rabinho para cima como tu deves saber fazer tão bem, porque agora quem comanda é o Mr. Gay.

Saudações rectais