7 de março de 2010

Tudo inalterável, e não pretendo mexer em nada.

"Só abri o coração duas vezes. Uma delas está ser contigo e a outra tu sabes com quem foi. Acredita no que estou a dizer agora, pois estou a a dizer-te tudo que sai do coração sem ter tempo para pensar."

Ouvi-te, e enquanto falaste nem sequer um som libertei . Agarrei-te, caíram-me algumas lágrimas, ergui a cabeça. olhei-te nos olhos e dei-te um pequeno beijo entre o nariz e o lábio.  Descemos de imediato as escadas e nem tempo tive  de dizer que acredito em ti, apesar de achares o contrário.
Entramos no carro e se bem te lembras nem uma palavra pronunciamos. Em escondo de ti deixei cair novamente algumas lágrimas ao relembrar tudo que me disseste. Depois de te deixar a fim do teu destino, voltei para casa, deitei-me e quando acordei já era domingo. A cama continua igual ao qual a deixamos, com as duas almofadas grandes e a pequena que costuma estar em cima do puff. Tudo inalterável, e não pretendo mexer em nada. O intuito é permanecer tudo estático para continuarmos a ter o cenário perfeito para desempenharmos uma história de encantar com o fim tão desejado como o dos contos infantis. Hoje, somos nós os actores principais e irei desempenhar a personagem de forma a que todas as noites, antes de deitar me orgulhe do quanto fiz por ti. 

O que falta dizer, apenas tu saberás, no preciso momento em que estiveres prestes a adormecer.

15 comentários:

Ritinha disse...

oh, muito obrigada (:
estou a seguir muito atentamente o teu blog, escreves tão bem, que lindo este texto tambem *-*

Ritinha disse...

ora bem, devo já avisar que vou andar afastada disto por uns tempos, época de testes e tenho muito que estudar *-*
portanto se não aparecer aqui a comentar ou a retribuir os comentários com tanta regularidade já está explicadoo :)
mas quando voltar retribuo os comentários todos e venho ver os post novos :p
beijinhos e mais uma vez obrigada !

p.s. adorei mesmo o outro texto, tá lindo, e é mesmo o que eu sinto, colei completamente *.*

FLÁVIOMATA disse...

Falta-me lá chegar e complementar.

FLÁVIOMATA disse...

Já muitas pessoas me disseram isso e começo realmente a acreditar!

FLÁVIOMATA disse...

Mas eu acredito, acredito mesmo :')

m.sunshine disse...

este é, sem duvida dos melhores blogs que já vi! tenho mesmo mesmo que seguir.
que musica fantastica e que palavras tao sentidas. adorei. parabens!

Catarina disse...

adorei !

saraviana. disse...

ahah, é mesmo :b penso que isso seja bom (a)
vou seguir, gosto mesmo do teu blog!

Catarina disse...

não tens que agradecer , exprimeste maravilhosamente bem . adorei tudo o que li , até os das meias :p
continua .

ML disse...

acho-te uma pessoa fascinante, sabes?

ML disse...

juro-te! amo a maneira como escreves e interpretas as tuas próprias personagens, amo amo amo. é óptimo ler os teus textos. têm-me ajudado bastante.

Catarina disse...

sim , é muito bom elogiarem o que escrevemos , é um incentivo para escrevermos sempre mais e melhor . o das meis marca por ser diferente dos restantes , mas sem duvida que és um grande escritor , em todos os teus post's !!

disse...

acho fascinante a maneira como escreves e o que escreves .

disse...

gosto muito deste $:

isso disse...

escreves tãoo bem :|