12 de julho de 2011


São quase 16 horas. O sol está fortíssimo e o pouco vento, quente e abafado, circula no interior da sala. Tenho o corpo escaldado, os calções húmidos do mar e os os pés cheios de areia. A casa está vazia, com o chão sujo e o quarto desarrumado. O meu corpo está de férias, o meu coração está frágil e a minha mente continua em conflituosas dúvidas.

5 comentários:

Rute Maia disse...

adoro!

cláaudia disse...

lindo

Catarina Brito disse...

"O meu corpo está de férias, o meu coração está frágil e a minha mente continua em conflituosas dúvidas." que lindo!

guz disse...

apaixonas-me

Maria disse...

e vocês são maravilhosos . volta para eu te arrumar as ideias ,sabes que sempre tive jeito para arrumar :D