6 de junho de 2011


"A homogeneidade das mensagens não impede a heterogeneidade da recepção." (Wolton,2004)

5 comentários:

Anónimo disse...

Não podes imaginar como é que as nossas vidas se tem conseguido tão paralelamente, como é que a percepção é tão simples, fácil, podemos defini-la como especial... mas o que é especial?
Desigual,verdadeiro,justificado, sentido e a intensidade? Essa está na importância que lhe atribuis, nos sorrisos, nas lágrimas na maneira como expressas o vazio ou o lugar ocupado em ti porque a verdadeira importância está em mim e em ti, em nós...
Que nós é esse que junto não complica, não desfaz, não interessa a ninguém ou constrange tantas figuras sociais?
Um eu e um eu mais igualmente um tu! Será preciso identificação? :')

Andrea Soares disse...

adoro a foto!

Patricia disse...

Nem mais, concordo plenamente com isso ;b

Maria disse...

deus o comentário :D

bárbara disse...

adorei as frases, mas principalmente a correspondência com as imagens.