17 de abril de 2011



"-Não estava a dormir. Estava apenas deitada na cama, de olhos fechados, a imaginar nós os dois todos cegos, sempre a mandar shots de tequila, com a sala cheia de sal e limão. Tu não imaginas nada antes de adormeceres?"

"-Muito. Conversas imaginárias principalmente. Frases que gostaria ter dito, ou imaginar o que diria caso alguém perguntasse ou respondesse aquilo"


Hoje não vou imaginar nada, mas vou agradecer por sermos o que somos. Amo-te do fundo do coração Maria.

8 comentários:

ana catarina campos disse...

como eu te percebo

Vânia Ferreira disse...

aplica aqui isto "sticks and stones may break my bones but my feelings for you never change"

Maria disse...

amo-te mais :) só conversas boas ,so frases maravilhosas !!

Emmeline disse...

ta lindo!

Isabel disse...

Isso das conversas imaginárias, acho que toda a gente pensa nisso, eu própria penso, e é estranho :)

saraviana disse...

Adorei!

Francisca disse...

Isso é tão familiar! (x
Sempre achei que fosse mais um pancadão meu!

Estilhaços de uma vida disse...

adorei :)