18 de fevereiro de 2010

Poço de coincidências e de sentidos apurados.

As míticas coincidências têm estado presentes na minha vida. É verdade, coincidência ou não todos os meus pressupostos relativos ao futuro próximo têm-se realizado, e como resultado disso ligo-me descontroladamente a todo este blog. 
Hoje acordei e o Mundo não tinha acabado, mexo sorrateiramente os dedos dos pés e verifico que a minha meia está furada, serão apenas coincidências? Quem ler isto achará que o melhor é eu comprar meias novas e pensará que sofro de algum mal psicológico, ou que tenho alguma mania com previsões futuristas. É provável que até as tenha, mas de qualquer das formas desenharei o meu dia de amanhã na esperança que desta vez também se concretize. 
Amanhã quero acordar, amanhã quero acordar... e sentir-me feliz! Não preciso de imaginar mais nada. Não preciso de pedir desejos como o fiz na transição deste ano, não preciso de implorar a uma força ou energia superior que me ajude, apenas preciso de  ter razões para ser feliz. E que todos estes recentes acontecimentos, que preenchem a minha vida, se encaixem como peças de um jogo de Tetris, e espero que desta vez seja melhor jogador do que era em criança.
Coincidência ou não, hoje sinto-me demasiado calmo, e sei que amanhã o mundo não acabará!

Depois disto decidi que irei ler "O Segredo"  de Rhonda Byrne, aconselhado pelo meu inigualável amigo zeca que tem presenciado todas as minhas coincidências. 

7 comentários:

FLÁVIOMATA disse...

Exacto, exacto :')
Gosto MUITO deste texto.

Jojozinha disse...

Obrigada, e força no arranque do blog!

Beijinhos,
Joana

ML disse...

de que adianta ler um texto se não o interpretares?
percebo, mas o teu coração pode sempre recordar com um "sorriso" porque realmente aconteceu - nunca te esqueças disso!
"(...) apenas preciso de ter razões para ser feliz." ja pensaste que essas razões podem estar mesmo mesmo a tua frente?

INÊS GOMES disse...

a tua vida está preenchida desde que nasces, como um puzzle, mas as peças sao espalhadas e o objectivo é encontra-las.
coicidencias sao estranhas mas ao mesmo tempo sao boas. imagina que o mundo nao era estranho, a vida nao tinha piada.
já to devem ter dito mas digo de novo, escreves MARAVILHOSAMENTE BEM.
beijinhos

acatarinamaçuca disse...

vou seguir Edgar. não sabia que também tinhas um blogue :D
boa sorte

lígia disse...

confesso que fiquei rendida ao teu blogue.

tâniamarisa. disse...

gostei, parabéns.
visita-me.